Organização do Trabalho Pedagógico Escolar
Formação Continuada da Escola Recursos da Escola Espaço Escola Serviços Públicos de Apoio Escolar Notícias da Educação Notícias da Escola Fale Conosco

Quantidade de Páginas visitadas


Conteúdos Estruturantes/Básicos da disciplina 


ARTE - ENSINO MÉDIO
ÁREA: MÚSICA
CONTEÚDOS ESTRUTURANTES::
ELEMENTOS FORMAIS, COMPOSIÇÃO, MOVIMENTOS E PERÍODOS
CONTEÚDOS BÁSICOS PARA A SÉRIE:
ELEMENTOS FORMAIS:
Altura
Duração
Timbre
Intensidade
Densidade


COMPOSIÇÃO:
Ritmo
Melodia
Harmonia
Escalas
Modal, Tonal e fusão
de ambos.
Gêneros: erudito,
clássico, popular,
étnico, folclórico,
Pop ...
Técnicas: vocal,
instrumental,
eletrônica,
informática e mista
Improvisação


MOVIMENTOS E PERÍDOS:
Música Popular
Brasileira
Paranaense
Popular
Indústria Cultural
Engajada
Vanguarda
Ocidental
Oriental
Africana
Latino-Americana

ABORDAGEM PEDAGÓGICA:
No Ensino Médio é proposta uma retomada dos conteúdos do Ensino Fundamental e aprofundamento destes e outros conteúdos de acordo com a experiência escolar e cultural dos alunos.
Percepção da paisagem sonora como constitutiva da música contemporânea
(popular e erudita), dos modos de fazer música e sua função social.
Teoria da Música.
Produção de trabalhos com os modos de organização ecomposição musical,
com enfoque na música de diversas culturas.

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM:
Compreensãodos elementosque estruturame organizam amúsica e suarelação com a sociedade contemporânea.
Produção de trabalhos musicais, visando atuação do sujeito em sua realidade singular e social.
Apropriação prática e teórica dos modos de composição musical das diversas culturas e mídias, relacionadas à produção, divulgação e consumo.

ÁREA: ARTES VISUAIS.
CONTEÚDOS ESTRUTURANTES
ELEMENTOS FORMAIS, COMPOSIÇÃO, MOVIMENTOS E PERÍODOS
CONTEÚDOS BÁSICOS PARA A SÉRIE:
ELEMENTOS FORMAIS:
Ponto
Linha
Forma
Textura
Superfície
Volume
Cor
Luz

COMPOSIÇÃO:
Bidimensional
Tridimensional
Figura e fundo
Figurativo
Abstrato
Perspectiva
Semelhanças
Contrastes
Ritmo Visual
Simetria
Deformação
Estilização
Técnica: Pintura, desenho, modelagem, instalação, performance,fotografia, gravura e esculturas, arquitetura, história em quadrinhos...
Gêneros: paisagem, natureza-morta, Cenas do Cotidiano,Histórica, Religiosa,
da Mitologia...

MOVIMENTOS E PERÍODOS:
Arte Ocidental
Arte Oriental
Arte Africana
Arte Brasileira
Arte Paranaense
Arte Popular
Arte de Vanguarda
Indústria Cultural
Arte Contemporânea
Arte Latino-Americana

ABORDAGEM PEDAGÓGICA:
No Ensino Médio é proposta uma retomada dos conteúdos doEnsino Fundamental e aprofundamento destes e outros conteúdos de acordo com a
experiência escolar e cultural dos alunos.
Percepção dos modos de fazer trabalhos com artes visuais nas diferentes culturas e mídias.
Teoria das artes visuais.
Produção de trabalhos de artes visuais com os modos de organização e composição, com enfoque nas diversas culturas.

EXPECTATIVA DE APRENDIZAGEM:
Compreensão dos elementos que estruturam e organizam as artes visuais e sua relação com a sociedade contemporânea.
Produção de trabalhos de artes visuais visando a atuação do sujeito em sua
realidade singular e social.
Apropriação prática e teórica dos modos de composição das artes visuais nas
diversas culturas e mídias, relacionadas à produção, divulgação e consumo.

ÁREA: TEATRO.
CONTEÚDOS ESTRUTURANTES: ELEMENTOS FORMAIS, COMPOSIÇÃO, MOVIMENTOS E PERÍODOS.
CONTEÚDOS BÁSICOS PARA A SÉRIE:
ELEMENTOS FORMAIS:
Personagem: expressões corporais, vocais, gestuais efaciais
Ação
Espaço

COMPOSIÇÃO:
Técnicas: jogos teatrais, teatro direto e indireto, mímica,ensaio, Teatro-Fórum
Roteiro
Encenação e leitura dramática
Gêneros: Tragédia,Comédia, Drama e Épico
Dramaturgia
Representação nas mídias
Caracterização
Cenografia, sonoplastia, figurino e iluminação
Direção
Produção

MOVIMENTOS E PERÍODOS:
Teatro Greco-
Romano
Teatro Medieval
Teatro Brasileiro
Teatro Paranaense
Teatro Popular
Indústria Cultural
Teatro Engajado
Teatro Dialético
Teatro Essencial
Teatro doOprimido
Teatro Pobre
Teatro de Vanguarda
Teatro Renascentista
Teatro Latino-Americano
Teatro Realista
Teatro Simbolista

ABORDAGEM PEDAGÓGICA:
No Ensino Médio é proposta uma retomada dos conteúdos do EnsinoFundamental e aprofundamento destes e outros conteúdos de acordo com a experiência escolar e cultural dos alunos.
Estudo da personagem, ação dramática e do espaço cênico e sua articulação
com os elementos de composição e movimentos e períodosdo teatro.
Teorias do teatro.
Produção de trabalhos com teatro em diferentes espaços.
Percepção dos modos de fazer teatro e sua função social.
Produção de trabalhos com os modos de organização e composição teatral como fator de transformação social.

EXPECTATIVA DE APRENDIZAGEM:
Compreensão dos elementos que estruturam e organizam o teatroe sua relação com o movimento artístico no qual se originaram.
Compreensão da dimensão do teatroenquanto fator de transformação social.
Produção de trabalhos teatrais, visando atuação do sujeito emsua realidade singular e social.
Apropriação prática e teórica das tecnologias e modos de composição da
representação nasmídias; relacionadas à produção, divulgaçãoe consumo.
Apropriação prática e teórica de técnicas emodos de composição teatrais.


ÁREA: DANÇA.
CONTEÚDOS ESTRUTURANTES: ELEMENTOS FORMAIS, COMPOSIÇÃO, MOVIMENTOS E PERÍODOS.
CONTEÚDOS BÁSICOS PARA A SÉRIE:
ELEMENTOS FORMAIS:
Movimento
Corporal
Tempo
Espaço

COMPOSIÇÃO:
Kinesfera
Fluxo
Peso
Eixo
Salto e Queda
Giro
Rolamento
Movimentos
articulares
Lento, rápido e moderado
Aceleração e desaceleração
Níveis
Deslocamento
Direções
Planos
Improvisação
Coreografia
Gêneros: Espetáculo, industria cultural, étnica, folclórica,populares e salão

MOVIMENTOS E PERÍODOS;
Pré-história
Greco-Romana
Medieval
Renascimento
Dança Clássica
Dança Popular
Brasileira
Paranaense
Africana
Indígena
Hip Hop
Indústria Cultural
Dança Moderna
Vanguardas
Dança
Contemporânea

ABORDAGEM PEDAGÓGICA:
No Ensino Médio é proposta uma retomadados conteúdos doEnsinoFundamental e aprofundamento destes e outros conteúdos de acordo com a experiência escolar e cultural dos alunos.
Estudo do movimento corporal, tempo, espaço e sua articulaçãocom os elementos de composição e movimentos e períodosda dança.
Percepção dos modos de fazer dança, através de diferentes espaços onde é elaborada e executada.
Teorias da dança.
Produção de trabalhos de dança utilizando equipamentos e recursos tecnológicos.
Produção de trabalhos com dança utilizando diferentes modos de composição.


EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM:
Compreensão dos elementos que estruturam e organizam a dançae sua relação com o movimento artístico no qual se originaram.
Compreensão das diferentes formas de dança popular, suasorigens e práticas contemporâneas.
Compreensão da dimensão da dança enquanto fator de transformação social.
Compreensão das diferentes formas de dança no Cinema,musicais e nas mídias, sua função social e ideológica de veiculação e consumo.
Apropriação prática e teórica das tecnologias e modosde composição da dança nas mídias; relacionadas à produção, divulgação e consumo.




ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO / RECURSOS DIDÁTICOS
O trabalho artístico deve ser incentivado desde as séries iniciais do Ensino Fundamental, iniciando a aproximação do aluno com o universo artístico que o cerca.
O professor deve possibilitar o contato com as obras de artísticas de música, teatro, dança e artes visuais para que os mesmos possam familiarizar-se com as diferentes formas de produção da arte.
É importante à escola levar o conhecimento para a socialização, ampliação e oportunidade de experiências novas, instigando a memória, a percepção e as associações com a realidade do cotidiano do aluno.
Ao analisar as obras de arte, deve-se perceber que o artista, no processo de composição de sua obra, imprime sua visão de mundo, a ideologia ao qual se identifica o seu momento histórico e outras determinações sociais.
O trabalho artístico é expressão privilegiada do educando, é o momento do exercício da imaginação e criação, por isso a arte não pode ser apreendida somente de forma abstrata, mas como um processo de produção do educando, que acontece quando ele interioriza e se familiariza com os processos artísticos e humaniza os sentidos.
Os povos africanos e indígenas são as principais culturas responsáveis pela formação da sociedade brasileira. Por essa razão é necessário o educando ter contato com as manifestações artísticas e históricas destas civilizações. Principalmente na disciplina de artes o aluno consegue ir a fundo aos costumes de cada povo, pois, ela é sem dúvida a ferramenta de transformação humana e social. Muitos destes costumes estão sendo utilizados todos os dias sem ao menos percebermos, e através das analises de cada cultura o aluno conseguirá detectar muitos hábitos que herdamos destes seres humanos.
A música é um fator determinante na personalidade do individuo, uma forma de expressão social e cultura. É sem dúvida, uma das mais valiosas formas de expressão da humanidade. Por esses motivos, o ensino de música na educação básica é de extrema importância e requer muita atenção, ela mobiliza o aluno. Através da história e dos gêneros musicais o aluno passa a ter um maior conhecimento e reconhecer as origens musicais da sua sociedade.
Os desafios Educacionais Contemporâneos - Educação Ambiental, e enfrentamento a Violência serão trabalhados à medida que forem necessários. Devemos educar-se enquanto cidadãos atuantes de uma sociedade multicultural e pluriética.
O professor deve apropriar-se da cultura de seus alunos, vista muitas vezes como inferior, para poder amplia lá e fazer com que eles se apropriem da arte de uma forma significativa.
Sendo assim Vázques aponta três interpretações fundamentais da arte a serem consideradas: A arte como forma de conhecimento; arte como ideologia; arte como trabalho criador.
Uma obra artística não pode ser vista como um objeto a ser comprado, pelo simples status que ele pode proporcionar, mas como uma área de conhecimento capaz de expressar as emoções, história e a cultura do artista através de alguns valores estéticos, como beleza, harmonia, equilíbrio.
O artista vive seu tempo, com as visões de mundo, espírito da época, ideologias de classe e de grupo, com universos de valores que se fazem presentes na hora da criação artística e que são vividos com todo seu empenho intelectual e ético, revelando a idéia de que a arte é conhecimento.
No seu trabalho criador o individuo utiliza e aperfeiçoa processos que desenvolvem a percepção a imaginação, a observação, o raciocínio e o controle gestual.
A capacidade psíquica que influem na aprendizagem, no processo de criação revelando a própria emoção do artista onde ele consegue liberta-se da tensão, ajusta-se, organiza pensamentos, sentimentos, sensações e forma hábitos de trabalho.
Com isso, a arte passa a se configurar o trabalho criador ou criação artística em ação histórica e socialmente desenvolvida pelo homem sobre a natureza. Assim, o ser humano vem produzindo sua existência e se constituindo como ser histórico social.
As diretrizes contemplam três momentos da organização pedagógica (metodologia):
• Teorizar;
• Sentir e perceber;
• Trabalho artístico.

Os recursos utilizados para essa disciplina serão:
-TV pen-drive;
- Rádio;
- DVD;
- CD;
- Livros;
- Jornais;
- Revistas;
- Telas;
- Lápis, giz de cera, carvão, cola, giz;
- Figuras, retratos, paisagens, gravuras, esculturas, fotografias;
- Computador, internet;
- Retalhos de tecidos, lã, linha, barbantes;
- Canudos, esponjas;
- Papéis de diferentes formas e espécie;
- Instrumentos musicais;
- Máscaras.


AVALIAÇÃO
Avaliação deve ser um processo intencional e planejado, sendo diagnóstica, processual e contínua.
O sistema avaliativo ocorrerá através da observação e registro dos caminhos pelos qual o aluno, em seu processo de aprendizagem, tenha acompanhado os avanços e dificuldades percebidas em suas criações/produções.
A avaliação requer parâmetros para o redimensionamento das praticas pedagógicas, pois o professor participa do processo e compartilha a produção do aluno.
A diversidade de instrumentos e técnicas avaliativas em arte é fundamental. Desencadeando assim, uma melhora no processo de aprendizagem do aluno.
A fim de se obter uma avaliação efetiva individual e do grupo, são necessários vários instrumentos de verificação tais como:
- Trabalhos artísticos individuais e em grupo;
- Pesquisas bibliográficas e de campo;
- Debates em forma de seminários e simpósios;
- Registros em forma de relatórios, gráficos, portfolio, áudio visual e outros;
Por meio destes instrumentos, o professor obterá o diagnostico necessário para o planejamento e o acompanhamento da aprendizagem durante todo o ano letivo, visando os seguintes critérios de avaliação:
- A compreensão dos elementos que estruturam e organizam a arte e sua relação com a sociedade contemporânea;
- A produção de trabalhos de arte visando à atuação do sujeito em sua realidade singular e social;
- A apropriação pratica e teórica dos modos de composição da arte nas diversas culturas e mídias, relacionadas à produção, divulgação e consumo.
O educando que não obteve sucesso será ofertado a recuperação de estudos , de forma concomitante ao processo ensino aprendizagem,ao longo da serie ao período letivo, considerando a aprendizagem do aluno no decorrer do processo e , para aferição do bimestre , e conforme consta em Regimento Escolar , será também oportunizado uma recuperação de nota , onde prevalecerá sempre a maior.

REFERÊNCIAS

AMARAL, Aracy. Arte para quê?, São Paulo: Ed. tudio Nobel, 2006.

BARBOSA, Ana Mae. Inquietações e Mudanças no Ensino da Arte, São Paulo: Ed. Cortez, 2000.

MARQUES. Dançando na escola. 2° ed., São Paulo, Editora Cortez 2005.

MEC. Diretrizes curriculares nacionais para a educação das relações étnicos raciais e para o ensino de história e cultura Afro-Brasileira e Africana, Brasília DF. 2004.

PROENÇA. Graça. História da arte. São Paulo, Editora Ática 1995.

PARANÁ, Secretaria de Estado da Educação do. Diretrizes Curriculares de Arte para a Educação Básica. Departamento de Educação Básica. Curitiba, 2008.

PARANÁ, Secretaria de Estado da Educação do. Departamento de Ensino Médio. LDP: Livro Didático Público de Arte. Curitiba: SEED-PR 2006.

Disponível em:http://www.pitoresco.com.br/art_data/semana/index.htm>.
Acessado em: 04 de agosto de 2009



Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito